quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Lauro de Freitas sela pacto “Alfabetizar Letrando”


Alfabetizar 100% das crianças até os 8 anos de idade nos próximos dois anos é a meta do pacto “Alfabetizar Letrando” firmado, nesta segunda-feira (15), entre prefeitura de Lauro de Freitas e governo do Estado, no Polo Universitário Santo Amaro de Ipitanga (Pusai). A parceria integra o programa “Pacto pela Educação – Todos pela Escola” e visa formação continuada dos professores. Participaram do encontro representantes do estado, do município, secretário municipal de Educação Paulo Aquino e o vice-prefeito João Oliveira.

Lauro de Freitas deu início à capacitação no início de 2010. Os 97 docentes das classes de 1º ano e alfabetização já estão no sétimo módulo do curso que promove encontros mensais. “Esse elo entre poderes casa com o que já fazemos no município”, frisou a formadora do pacto e coordenadora do Núcleo de Alfabetização no município, Vânia Pessoa. Para o coordenador municipal pedagógico, Juvenal Machado, os laços estreitados só trarão benefícios à educação infantil da cidade. “Os avanços mostram que estamos no caminho certo”.  

Nos últimos cinco anos, a média geral das séries iniciais (da 1ª a 4ª) pulou de 3.3 para 4.1, segundo dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “Lauro de Freitas já tem uma experiência exitosa. Vamos apenas dar continuidade ao que já vem sendo feito”, declarou a formadora estadual Maracy Paixão. O desafio de alfabetizar todas as crianças laurofreitenses foi considerado possível pelo secretário municipal de Educação, Paulo Aquino. “É um compromisso dos poderes públicos, professores e da família”, destacou.

Ele fez questão de reforçar que educação sempre foi uma prioridade da gestão. Atualmente, 800 crianças do município estão na educação infantil, distribuídas nas cinco creches públicas e dez conveniadas. “Quanto mais cedo o aluno chega à escola, mais fácil é o processo de alfabetização”. O secretário lembrou ainda que a rede de ensino tem sido cada vez mais ampliada. Prova disso foi à inauguração da Escola Municipal Ipitanga, no final de julho, com capacidade para 720 alunos. O equipamento, fruto de mais uma parceria entre os poderes públicos, foi entregue pelo estado ao município.

Embora a responsabilidade com classes de alfabetização seja do município, o vice-prefeito João Oliveira destacou a importância da parceria com o Estado. Segundo ele, o pacto ilustra que educação é um compromisso de todos. “Oferecer boas escolas e mais do que um dever, é nossa obrigação. Juntos podemos implementar políticas educacionais. Assim tem sido feito já que o Estado é nosso parceiro valoroso. Para nós é só mais um passo a frente já que Lauro de Freitas vem realizando a formação de seus professores”, reforçou o vice.  

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade