quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Conferência define prioridades da juventude


A prefeita Moema Gramacho anunciou, na II Conferência da Juventude de Lauro de Freitas, a implantação, pelo governo federal, de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET), que beneficiará prioritariamente os jovens. O público de aproximadamente 200 pessoas comemorou a notícia. De acordo com Moema, a definição do local para construção da instituição será decidido com os jovens. O anúncio oficial será feito nesta terça-feira (16), pela presidenta Dilma Rousseff. O encontro foi realizado neste sábado, 13, na Escola de Cadetes Mirins.

A prefeita Moema Gramacho destacou que a conferência não serve apenas para ouvir a população, mas também para que os governos adotem e executem as necessidades votadas pela juventude. “Em 2005, implantei a primeira creche para crianças, mas vi que era pouco. Quando assumi, a rede pública municipal tinha 19 mil alunos no ensino fundamental e hoje temos 33 mil alunos. Outro fator importante foi a criação de espaço de nível superior, além do Promuni, que oferece bolsa integral em faculdade particulares para jovens de baixa renda”. São 800 pessoas cursando diversos cursos. Moema ressaltou também a criação da Universidade Aberta do Brasil (UAB), e da primeira universidade pública da cidade, o Pusai, onde funcionam cursos da Uneb e UFBA.

Durante a conferência, os jovens elegeram a criação de mais espaço atividades culturais, prática de esportes e lazer como uma das ações prioritárias para compor o Plano Municipal da Juventude. Segundo a diretora da Juventude, Érica Capinan, as diretrizes apontadas, além de ajudar na construção do plano, vão diagnosticar a necessidade de cada localidade do município.Os jovens, de 15 a 29 anos representam 30% de nossa população e junto com o departamento e o Conselho Municipal de Juventude vamos acompanhar a implementação dos projetos existentes e elaborar o Plano”.

Para o secretário de Governo, Apio Vinagre, as conferências são releituras de fazer política de forma democrática. “Há 500 anos, quando nosso país foi invadido, sofremos sem escolhas e sem políticas. Nossos jovens cresceram sem oportunidades, mas nossos futuros jovens são prioridade na educação, saúde e habitação. Este é o primeiro passo”, completa.

O presidente do Conselho Estadual de Juventude, Juremar Oliveira, disse que para construção das políticas públicas é necessário conhecer a realidade de cada individuo. “A nossa juventude tem que se organizar, questionar e cobrar melhorias como está acontecendo aqui. Este é um novo formato de busca dos direitos”, explica.

“A hora de buscar melhorias para o público juvenil é agora. São os estudantes organizados que vão fazer com que o poder público nos ouça”, disse Mardel Melo, 18 anos, militante da União da Juventude Socialista. Roberta Santos, também de 18 anos, destacou que a juventude da cidade precisa de mais atividades culturais para ocupar a mente. “É necessário educar mais, incentivar a prática de esporte, dança e músic” afirmou como representante da comunidade de Vila Praiana. Depois de eleitas todas as prioridades, foram eleitos 18 delegados para a Conferência Territorial, que será realizada em Camaçari, no dia 31.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade