quinta-feira, 7 de julho de 2011

Solla destaca políticas públicas de saúde adotadas em Lauro de Freitas

As políticas de saúde implantadas em Lauro de Freitas nos últimos anos foram destacadas pelo secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, na abertura da 5ª Conferência Municipal de Saúde de Lauro de Freitas, nesta quarta-feira (06) à noite, que tem como tema central “Todos usam o SUS! SUS na seguridade, política pública e patrimônio do povo”. No evento, que vai até amanhã (08), Solla considerou que o município tem papel importante na promoção da saúde pública da Bahia. “É cada vez maior a oferta de serviços prestados no município. A prefeita Moema Gramacho junto com o secretário de saúde Luís Carlos Galvão, tem buscado melhorar cada vez mais o segmento”, frisou.

Foto: Patrícia Sanje
O secretário enfatizou, em especial, a  implantação de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24h, em construção nas localidades de Itinga e Caji Picuaia, e de uma Casa de Parto. “São grandes iniciativas que ilustram o trabalho da gestão nos quesitos ligados à saúde”. Solla anunciou ainda a entrada em funcionamento dos dez primeiros leitos de UTI do Hospital Geral Menandro de Faria, na Estrada do Coco, e ressaltou o aumento no número de atendimentos na unidade, que nos últimos quatro anos triplicou. “A população procura por que sabe que lá tem médico, que faz exames, fornece medicações”.

Foto: Danilo Magalhães
Militante das causas ligadas á saúde desde o início da sua trajetória política, a prefeita Moema Gramacho relembrou a participação na 8ª Conferência Estadual, em 1986. “Naquele momento, discutimos qual seria o melhor sistema de saúde pública. Dois anos depois o SUS viria a ser implantado”. Entre os feitos no município, a prefeita destacou o trabalho desenvolvido no Hospital Jorge Novis e no Ambulatório do Centro (antigo Nelson Barros), a criação das policlínicas, ampliação de três equipes do Programa Saúde da Família (PSF) para 21, implantação do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU 192), criação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) mental e álcool e drogas, e do Laboratório Municipal de Analises Clínicas. “Sabemos que ainda falta muito, mas não podemos deixar de considerar que uma longa estrada já foi trilhada”, reforçou.
Para o secretário de saúde do município, Luís Carlos Galvão, o momento da Conferência é fundamental para que haja um debate entre sociedade e poder público. “Vamos eleger nossas principais demandas para encaminhá-las à Conferência Estadual. O que for possível vamos tentar implementar, o que não estiver ao nosso alcance vamos buscar parcerias com o governo do estado para viabilizar”, assegurou o secretário.

O evento foi encerrado pelo coordenador do Sistema de Planejamento do SUS na Bahia, desde 2007, e da Política de Gestão Estratégica e Participativa, desde 2009, Washington Luiz Abreu, que ministrou a com o tema principal da conferência, destacando o eixo: “Acesso e acolhimento com qualidade: um desafio para o SUS”. "Queremos cruzar políticas públicas para oferecer um melhor serviço de saúde a população. Isso é o que chamamos de transversalidade de políticas. Aqui vamos provocar a comunidade a refletir sobre as pontencialidades do municipio".

Participaram ainda da mesa de abertura o chefe de gabinete do governo Wasghinton Couto, a promotora do Ministério Público Ana Paula Bacelar, o presidente do Conselho de Saúde Municipal, Denis Oliveira, e o representante dos usuários do SUS, Edimilton de Jesus.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade