segunda-feira, 25 de julho de 2011

Protocolo de perícias de Antropologia Forense do IML é publicado em livro de Medicina Legal

A Coordenação de Antropologia Forense do Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR) foi a responsável pela elaboração do capítulo 15 do Livro Perícias em Medicina e Odontologia Legal, de Rodrigo Camargos Couto. O tema abordado pela equipe baiana trata do protocolo utilizado pela Instituição para determinação da causa mortis e identificação humana a partir dos estudos dos ossos.

De acordo com Paulo Peixoto, Coordenador Técnico de Antropologia Forense, a partir das análises da arcada dentária, do esqueleto humano, ou apenas parte dele é possível determinar sexo, idade aproximada, altura, identificar o indivíduo e apontar a causa do óbito, caso esta deixe marcas nos ossos.

Lançado em Belo Horizonte, na segunda quinzena de junho, o livro é na realidade uma coletânea de artigos com autores de várias partes do País. "Este material tem um caráter didático, recomendado para médicos, odontologistas, estudantes e profissionais de áreas afins", esclareceu Peixoto.

Foram também abordados no livro temas como tanatologia, traumatologia, toxicologia, e reconstrução facial forense. Além de Peixoto, participaram da elaboração do capítulo os Peritos Fábio Correia, Liz Brito, Gracie Eguchi e Selma Argollo.

A equipe de Antropologia Forense da Polícia Técnica trabalha na perícia de todas as ossadas encontradas em Salvador, Região Metropolitana e algumas cidades do interior do estado que ainda não possuem a estrutura necessária para tal atividade. Em média são solicitadas 70 perícias por ano.

Perícias em Medicina e Odontologia Legal
Autor Rodrigo Camargos Couto
Editora: Med Book

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade