quarta-feira, 6 de julho de 2011

Prefeitos baianos se reúnem em Salvador


Diversos prefeitos de municípios baianos participaram na tarde de hoje (5), no Hotel Fiesta, da Oficina de Preparação para a 1ª Conferência Nacional de Transparência e Controle Social. A oficina é uma iniciativa da Associação Transparência Municipal (ATM).
A prefeita Moema Gramacho, de Lauro de Freitas, presidiu o encontro que teve por finalidade, estimular as prefeituras a adotarem sistemas de controle e levar a discussão sobre transparência para seus territórios. O município é hoje, referência em transparência.
“Estou trazendo a possibilidade, desta oficina estimular, socializar e fazer com que os prefeitos ajudem nas construções das suas conferências, seja ela, municipais, territoriais ou regionais. Precisamos fazer com que cada município, cada região possa estar trabalhando no ponto de vista da agilidade das informações, na transparência das informações e das publicidades delas. Tudo que a gente arrecada ou paga hoje, é publicado no dia seguinte. Nossas informações, através do portal das finanças, podem ser acessadas em apenas dois cliques, é uma maneira de facilitar o acesso”, explicou a prefeita Moema Gramacho.
O representante da controladoria geral da União – Bahia, Romualdo Anselmo disse que é intensão da instituição é trabalhar cada vez mais, essa interação com os municípios, para que os recursos públicos sejam muito mais transparentes. O mesmo ainda citou, que a CGU estará sempre à disposição dos prefeitos para auxiliá-los e ajuda-los no que diz respeito às questões das transparências, porem, segundo ele, é interessante que o executivo dos municípios convoque estas conferências e não fiquem apenas dependendo da controladoria para a realização destas.
No ensejo, os representantes do CGU – Bahia interagiram com os prefeitos e secretários de governo presentes no encontro, a fim de que, as dúvidas com relação à transparência municipal fossem esclarecidas.
Fotos: Marinaldo Oliveira / Consulado Social

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade