domingo, 10 de julho de 2011

Parada Gay em Lauro de Freitas acontecerá no Centro

Por Marcelo Cerqueira
Presidente do Grupo Gay da Bahia

Uma reunião convocada pelo Grupo Gay de Lauro de Freitas com os Órgãos da Prefeitura na sala do Secretário Municipal de Cultura, Lírio Maciel, para discutir a logística de realização do evento na 6º edição. O presidente do GGLF colocou para o debate a viabilidade do evento na Orla de Ipitanga e um novo local que seria o Centro da cidade.

Em comum acordo todos os Órgãos por unanimidade expressaram que a viabilidade do evento e a maior participação popular no mesmo, incluindo roteiro de atividades preparatórias, aconteceriam de forma mais organizada no Centro de Lauro de Freitas. O novo trecho que deverá percorrer o cortejo se inicia na Praça da Matriz, Martiniano Maia, passando pela Praça da Bíblia e terminado na Praça da matriz com shows e atividades culturais.

Uma estrutura em formato de Feira de Saúde será montada com toldos na Rua lateral a Câmara Municipal onde os Órgãos irão dispor de serviços públicos para a população em geral. A Secretaria de Transito ficou na responsabilidade de fazer o ordenamento do transito no dia, a Secretaria de Saúde foi representada pela Diretora da Vigilância, Dra Selma Turrionne que irá dispor para as atividades de mobilização do evento testagem rápida e vacinas para as hepatites virais, a Secretaria de Serviços Públicos a limpeza, passagem de fios, iluminação de pontos críticos do evento que tem previsão de começar às 11hs e terminar por volta das 21hs. Ficou estabelecido também com os Órgãos que uma nova reunião aconteceria na segunda quinzena de Agosto na Cultura para fechar os detalhes do evento.

A 6º Parada Gay de Lauro de Freitas tem data para o dia 18 de Setembro e uma realização do GGLF. Uma das decisões da reunião foi relativa a participação de trios elétricos grandes. “O evento deverá contar apenas com trios de pequeno porte, isso para facilitar a evolução e também ficar mais perto do povo”, declarou Alessandro Fraga Presidente do GGLF. “O Centro é mais democrático, possibilita participação da Itinga de Portão, Caji, Jambeiro e outros bairros, a Parada é protesto por inclusão, agente quer que as pessoas se arrumem para a Parada, não para a Praia”, conclui.

Também foi sugerido pelos participantes assinatura de um Termo de Responsabilidade com esse critério. A Secretaria de Planejamento se comprometeu a providenciar a liberação dos alvarás necessários, bem como Transito e Meio Ambiente.

1 comentários:

muito massa amei essa novidade vai ser muito bom principalmente para as pessoas q ñ tem muita possibilidade de se locomover até a praia vão poder ter o prazer de ver de perto sem muitos sacrificios... por ex:minha ma~e ela é cadeirante e gosta muito da parda gay para ela vai ser maravilhoso pq ela vai poder curtir a festa sem precisar sair de casa... parabêns a todos os gglf de lauro de freitas pela nova oportunidade de podermos curtir melhor a nossa parada gay...

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade