sexta-feira, 22 de julho de 2011

Moema apresenta projeto de urbanização para a comunidade da Pedrita


Moradores da localidade da Pedrita, em Itinga, serão beneficiados com obras de urbanização, pavimentação e drenagem. Orçada em R$5,4 milhões, a intervenção que será viabilizada através de recursos do Pró-Transporte contempla as 11 ruas do Loteamento. A Secretaria Municipal de Planejamento (SEPLAN) elaborou projeto e a prefeitura aguarda o aval da Caixa Econômica para dar início à licitação. A prefeita Moema Gramacho apresentou a planta das intervenções, em reunião na comunidade, ontem, na Igreja Quadrangular da Pedrita. Uma comissão de moradores foi formada para acompanhar o andamento do projeto lado a lado com o poder público.

Delegada do Orçamento Participativo e integrante do grupo “Mulheres da Paz”, Ana Maria dos Santos (53) reside na localidade há 30 anos. Otimista, ela torce para que as intervenções tragam qualidade de vida à comunidade. “Precisamos muito de asfalto e rede de esgoto. Graças a Deus que a prefeita vai melhorar a vida do pessoal da Pedrita”, comemorou. A primeira obra contempla apenas urbanização e pavimentação. O projeto de macrodrenagem do Canal da Pedrita também já foi elaborado e entregue a Caixa, mas será viabilizado através de outro recurso ainda em fase de definição.  

A prefeita Moema Gramacho disse que o projeto foi entregue a Caixa desde o início do ano passado, quando a atual presidenta Dilma Rousseff, no cargo de ministra da Casa Civil, elaborou proposta para atender as comunidades mais carentes do país. “A pavimentação e o asfalto estão garantidos, basta esperar o retorno da Caixa. Agora estamos trabalhando para conseguir assegurar a verba para a macrodrenagem”, garantiu. Moema lembrou que além da entrega dos 1.100 unidades habitacionais, do Minha Casa Minha Vida, no Alto do Picuaia, até o dia 31 deste mês, o poder público vai realizar melhorias em 400 residências da Loteamento Pedrita. Participaram da reunião, o arquiteto da SEPLAN, Antônio Roxo, e o engenheiro Luís Eduardo Cornélio. Durante a explanação do projeto, eles esclareceram dúvidas da comunidade local.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade