sábado, 9 de julho de 2011

Lauro de Freitas elege Conselho de Juventude

Os representantes da sociedade civil no recém criado Conselho Municipal de Juventude de Lauro de Freitas (COMJUVE) foram escolhidos nesta sexta-feira, 9. O Conselho atuará como agente fiscalizador, além de trabalhar em parceria com o poder público na elaboração das políticas para juventude e na construção da Conferência Municipal, que acontecerá no dia 13 de agosto.
“Desde 2005, com a implantação do Departamento de Juventude, reforçamos e consolidamos as ações de juventude”, explica o secretário de Governo, Apio Vinagre. Segundo ele, esta é mais uma etapa vencida pelo governo para compor e fazer funcionar os Conselhos com representações do poder público e da sociedade civil.
De acordo com a diretora do Departamento da Juventude, Érica Capinam, o Conselho é composto por 15 titulares e 15 suplentes, oito deles eleitos hoje. “Este é um processo legal e democrático. Temos que comemorar por vencer mais esta etapa. Agora, vamos trabalhar em conjunto para, além de implementar as políticas, efetivá-las”. O Conselho tem mandato de dois anos.
Com sete votos, a segunda mais votada, a representante da Associação Filhos da Bahia, Cristiane Castro, disse que vai se empenhar para trabalhar em parceria com a gestão municipal. “Quero contribuir e fiscalizar, pois esta é uma oportunidade inédita, que nunca foi dada por outros governos. Este governo é democrático e de participação popular”, enfatiza.
Titulares:
1-    Grupo Gay de Lauro de Freitas
2-    Associação de Capoeira Filhos da Bahia
3-    Movimento de Apoio e Respeito à Vida
4-    Aldeias Infantis SOS do Brasil
5-    Juventude Socialista Brasileira
6-    Fundação Cultural Ajagunã
7-    Juventude do Partido dos Trabalhadores
8-    Posse de Conscientização e Expressão

Suplentes:
1-    Posse Resistência Hip-Hop
2-    Associação Cultural Novo Caminho
3-    Diretório Central dos Estudantes da UNIME
4-    Igreja Batista Bíblica de Israel

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade