domingo, 24 de julho de 2011

Fórum reúne delegados do Orçamento Participativo em Lauro de Freitas

Na manhã deste sábado (23), foi realizado o fórum de delegados do Orçamento Participativo de Lauro de Freitas, organizado pela prefeitura, por meio da Superintendência de Gestão Participativa. A finalidade do encontro, que aconteceu no auditório do Terminal Turístico Mãe Mirinha de Portão, foi discutir o andamento dos projetos que estão sendo executados e os que estão previsto. Participaram delegados eleitos desde o início deste modelo de gestão, em 2005.

A conselheira Lindinalva Maciel, moradora do Loteamento Saionara, destacou a importância da participação popular no planejamento do município. “Quero agradecer a oportunidade de a gente ter este espaço e poder acompanhar o que está acontecendo. Poucas prefeituras trabalham assim. Acho que é um privilégio”. A prefeita, Moema Gramacho, parabenizou os membros do Orçamento Participativo pela dedicação às questões políticas. “Sei que vocês acreditam que só com a participação de todos a gente consegue realizar as mudanças que são necessárias. O papel do cidadão também é este de cobrar”.

De acordo com a superintendente de Gestão Participativa, Naide Brito, são realizadas pelo menos uma reunião do Orçamento Participativo mensalmente. O Fórum dos Delegados acontece duas vezes ao ano. Hoje são 27 conselheiros e 113 delegados no município. Entre as obras escolhidas por eles e já realizadas estão as de pavimentação e saneamento das ruas Orlando Moscoso, em Itinga, Mangueira, no Caji Vida Nova, Boca da Mata, em Portão, Roque José da Silva, no Miragem, 13 de maio, em Areia Branca e Carlos Conceição, em Buraquinho. O Posto de Saúde de Vida Nova e a transformação da Sede do Programa Agentes Comunitários (Pacs) em Centro de Saúde da Família, também foram escolhas dos conselheiros e delegados do orçamento participativo.

A próxima reunião será nesta quarta-feira (27), às 18h, com todos os conselheiros.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade