terça-feira, 5 de julho de 2011

Curso gratuito aborda os 200 anos de poesia na Bahia

O segundo módulo inicia as aulas no dia 8 de julho

Estão abertas, até o dia 08 de julho, as inscrições para o segundo e o terceiro módulos do curso-oficina Bahia: 200 Anos de Poesia, que será ministrado pelo poeta Douglas de Almeida, de 08 de julho a 1º de agosto na Biblioteca Pública do Estado da Bahia, no bairro dos Barris. O curso é promovido pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA, de forma gratuita, e integra as comemorações pelos 200 anos da biblioteca, criada em 13 de maio de 1811.

O curso é dividido em três módulos, e tem como objetivo abordar a poesia baiana com suas escolas literárias (romantismo, parnasianismo, simbolismo e modernismo), a vida e a obra de escritores e os poemas mais representativos. O segundo módulo terá início dia 08 – sexta-feira – às 14h. As aulas ocorrerão as segundas e sextas-feiras, das 14h às 16h, na sala 07 (3º andar) Biblioteca Pública do Estado da Bahia - Rua General Labatut 27 - Barris. Informações: 71 3117-6084

No módulo 2, serão estudadas as escolas parnasianas e simbolistas baianas e alguns dos seus poetas mais significativos como Pethion de Vilar (1870-1924), Arthur de Salles (1879-1952) e Pedro Kilkerry (1885-1917), além dos grupos e das revistas literárias do período.

Já no módulo 3, em agosto, será a vez dos precursores do Modernismo na Bahia: Sosígenes Costa (1901-1968) e Godofredo Filho (1904-1992), além dos poetas da riquíssima Geração 60, entre os quais: Ildásio Tavares, Ruy Espinheira Filho, Maria da Conceição Paranhos, Myriam Fraga e Adelmo Oliveira.

O curso-oficina contará com a participação de convidados especiais a cada módulo. O poeta Luís Antonio Cajazeira Ramos falará sobre a origem e as características do soneto e alguns dos seus cultores, desde Petrarca e Camões até os contemporâneos Adelmo Oliveira e Maria da Conceição Paranhos. Outro convidado será o poeta José Carlos Limeira que versará acerca da poesia baiana de matriz africana, desde Luiz Gama (século XIX) até os dias atuais.

O curso é aberto a toda a população, principalmente a poetas, cordelistas, atores e atrizes já com experiência na arte de recitar poemas, que também terão a oportunidade de discutir e exercitar as diversas formas de interpretar cenicamente um poema. Ao final do curso-oficina, será apresentado um recital com poemas dos autores estudados.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade