domingo, 24 de julho de 2011

Conheça um pouco da História de Lauro de Freitas


Aniversário: 31 de julho

Fundação: 1962
Gentílico: Laurofreitense
Prefeita: Moema Gramacho (PT) (2009– 2012)

Lauro de Freitas é um município do estado da Bahia, compõe a Região Metropolitana de Salvador (RMS) e faz parte do chamado "Litoral Norte". Abriga moradores famosos com o pugilista Acelino "Popó" Freitas, a apresentadora Scheila Carvalho, e os músicos Daminhão Experiença e Jimmy Cliff, entre outros cantores e políticos famosos. Segundo o IBGE, sua população é estimada em 163.000 habitantes espalhados em quase 60 km², resultando em aproximadamente 2,5 mil hab./km². O município é dono do segundo PIB que mais cresce no país e é considerado também o segundo município que mais gerou empregos no ano de 2010.

Etimologia

A freguesia Santo Amaro de Ipitanga tinha esse nome pois cresceu a partir da igreja matriz de Santo Amaro de Ipitanga. Assim ficou até sua emancipação de Salvador, em1962, quando o vereador Paulo Moreira de Souza propôs substituir Santo Amaro de Ipitanga por Lauro de Freitas, homenageando o político baiano Lauro Farani Pedreira de Freitas candidato a governador da Bahia falecido na campanha de 1950 juntamente com Gercino Coelho (pai do ex-governador Nilo Moraes Coelho), em um acidente aéreo em Bom Jesus da Lapa.

Essa homenagem póstuma foi uma grande motivação, assim como ocorreu em Simões Filho, para que o distrito soteropolitano se transformasse em um município. E agora, há um movimento polêmico na cidade para devolver o nome do padroeiro, por causa disso aprefeitura pretende conscientizar os cidadãos da história da cidade para depois realizar um plebiscito para escolher o nome da cidade.

História

Garcia d'Ávila
A história do município de Lauro de Freitas se inicia no século XVI, quando Garcia d'Ávila recebeu de Tomé de Sousa (1552), lotes de terra no litoral baiano. Ali foi instalada uma missão jesuíta que deu origem a freguesia de Santo Amaro de Ipitanga, em 1758, com apoio da família d'Ávila, proprietária da Casa da Torre.

A região era habitada por indígenas do Morro dos Pirambás. Por situar-se numa zona próxima ao mar, que favorecia o escoamento da produção agrícola, vieram os engenhos de açúcar e com eles os negros que influenciaram fortemente a cultura local. Ainda hoje se pode encontrar descendentes de famílias escravas, guardiãs dos costumes afros, praticantes do candomblé.

No século XVII a história da cidade é marcada por um surto de cólera, que dizimou parcela considerável da população, e pela construção da matriz de Santo Amaro de Ipitanga, erguida na parte mais alta da cidade. A matriz se constituiu na construção mais representativa desse período colonial no Brasil.

Originalmente, Lauro de Freitas pertencia a Salvador, até que em 1880 passou a distrito de Montenegro, atual Camaçari. Em 1932 retornou a Salvador, até que em 31 de julhode 1962 foi transformado em município. Onze anos depois passou a integrar a Região Metropolitana de Salvador.

Subdivisões

Lauro de Freitas tem como distrito único, a sede. Está dividida em bairros, os quais sãoAreia Branca, Buraquinho, Caixa d'Água, Caji, Centro, Ipitanga, Itinga (Lauro de Freitas) Itinga,Parque São Paulo (Itinga) Jambeiro, Miragem, Portão, Vida Nova, Vilas do Atlântico e Jardim do Jockey.

Areia Branca é o mais distante, a 30 km do Centro, preserva bastante costumes rurais. Caji e Jambeiro são áreas rurais, apesar de Caji possuir um condomínio na margem da Estrada do Coco, o Condomínio Beira Rio, que fica em frente a matriz da Insinuante, conhecida também como Mega Insinuante da Estrada do Coco. Enquanto Itinga possui mais da metade da população do município, mais de 70 mil habitantes, está localizado a cinco quilômetros do Centro de Lauro de Freitas. E Portão é o segundo maior em população, está separado pela Estrada do Coco de Vilas do Atlântico, que originalmente foi um condomínio de luxo construído para abrigar a classe média que fugia da agitação de Salvador. Vida Nova vem se destacando pelo rápido crescimento e também pelas empresas que se instalaram no local, sobretudo as que fazem parte do chamado Pólo de Brinquedos (Acalanto, BabyBrink e outras), e também com os investimentos em conjuntos habitacionais com o apoio da Caixa Econômica e dos Governos Federal e Estadual juntamente com a Prefeitura. O Jardim do Jockey é um bairro de classe alta,o mais próximo do Centro, está praticamente incorporado ao Centro, situa-se a margem do Rio Ipitanga.

Geografia

R.M. de Salvador, em destaque Salvador.

Lauro de Freitas está localizado ao norte da capital baiana, na região do Litoral Norte da Bahia. Faz divisa ao sul com Salvador pela praia de Ipitanga; também a oeste com Salvador; ao norte com Camaçari, divisa pelo Rio Joanes, que se encontra em estado depoluição elevada, e Simões Filho, pelo CIA; e a leste com o Oceano Atlântico.

Possui uma clima tropical quente úmido de temperaturas médias anuais equivalentes a 24°C. Os períodos chuvosos são no mês de abril e de junho com precipitação média anual de 1800 mm.

Seu relevo é composto por tabuleiros, planaltos costeiros, baixos tabuleiros e colinas do Recôncavo.

O solo são do tipo latossolo vermelho amarelo distrófico, podzólico vermelho amarelo, com predominância de areias quartzozas marinhas distróficas.

A vegetação compreende a cobertura vegetal da orla marítima com coqueirais em solo arenoso edunas recobertas por plantas rasteiras, arbustos e semi-arbustos.

Lauro de Freitas possui um litoral de seis quilômetros banhados pelo Oceano Atlântico, divididos em três praias: Buraquinho, Praia de Ipitanga e Vilas do Atlântico.

Os rios principais do município são o Rio Joanes, que desagua no Oceano Atlântico e separa Lauro de Freitas e Camaçari, e o Rio Ipitanga, que corta a cidade desaguando no Joanes. Há também vários córregos e outros dois rios, Sapato e Goro, entretanto ambos estão em acelerado processo de deterioração.

A unidade de conservação do município que se destaca como apta à prática do ecoturismo é a Área de Proteção Ambiental Joanes/Ipitanga com cerca de 22 mil hectares de mata atlântica.

Economia

Lauro de Freitas possui um PIB de mais de um bilhão de reais. É considerado um dos municípios mais industrializados da Bahia, ocupando a 3ª posição entre eles, detendo um grande pólo de "indústrias limpas".

O comércio de Lauro de Freitas é concentrado na Estrada do Coco (BA-099), que corta o município, mas também nos centros dos seus principais bairros. Areia Branca, Jambeiro, Capelão, Capiarara (Capim de Arara) não são mais áreas rurais e sim "áreas mistas" assim os considerados pela PMLF. Areia Branca ainda possui um problema que são as divisões de terras pois parte pertence ao município de Lauro de Freitas e parte à Salvador. Considera se que o Bairro de Barro Duro também é pertencente ao municipío de Lauro de Freitas apesar das proximidades da CEASA e de Simoes Filho.Jambeiro possui uma barragem grande que retem as águas que servem à Salvador reformado em 1956. As matas que cercaneiam Areia Branca são dos poucos locais entre Salvador e Lauro de Freitas que ainda se mantem intocaveis possuindo uma vasta fauna e flora.

Infra-estrutura

Segundo a Secretaria Municipal de Transportes de Lauro de Freitas, a frota de veículos do município é cerca de 85.000 automóveis.

Foi em Lauro de Freitas, então Santo Amaro de Ipitanga, que surgiu o primeiro campo de aviação terrestre da Bahia, construído pela empresa francesa de aviação civil Latécoére, entre 1930 e 1940, o Aeródromo Santo Amaro de Ipitanga, que foi o antecessor do Aeroporto de Ipitanga, mais tarde Dois de Julho, e atualmente Deputado Luís Eduardo Magalhães.

Cultura

Localizada na praça principal da cidade, a Igreja Matriz de Santo Amaro de Ipitanga é o mais representativo monumento arquitetônico. Datada do final do século XVII a igreja do padroeiro localiza-se em um dos pontos mais altos do município e com a sua festa em janeiroonde ocorre a lavagem, a procissão e a missa solene torna-se o maior evento religioso local e importante atrativo turístico com a participação de baianas típicas.

Foi o primeiro município brasileiro a criar uma Secretaria de Políticas para Mulheres para atuar no combate as desigualdades entre os sexos e a implantar um departamento de políticas públicas para promover a igualdade racial.

Eventos e datas comemorativas

Festival Ipitanga de Teatro

O Festival Ipitanga de Teatro (FIT) foi realizado a partir da primeira semana de janeiro e faz parte das comemorações à festa do padroeiro da cidade - Santo Amaro de Ipitanga, mas em sua terceira edição, em 2008, foi adiado para abril por receber patrocínio público estadual do Fundo de Cultura da Bahia, além da reforma do Centro de Cultura de Lauro de Freitas e sua quinta edição será realizada de 12 a 22 de maio de 2010.

O Festival se tornou um dos mais importantes do estado,com a participação de espetáculos de vários estados brasileiros: Bahia, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte, Amazonas, Minas Gerais, Goiás, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com apresentação de mais de cem espetáculos.

O evento é organizado pela Sociedade Cultural Távola e tem como direção e produção geral, Nivaldo Nery Filho, o Duzinho Nery.

Paixão de Cristo de Lauro de Freitas Maior Espetáculo ao Ar Livre da Bahia

A Paixão de Cristo de Lauro de Freitas surgiu da idéia de um grupo de jovens ligados a Pastoral da Juventude da Paróquia Stº Amaro de Ipitanga no ano de 1998 sob a liderança do diretor teatral Duzinho Nery, após uma apresentação do Oratório da Paixão; espetáculo musical itinerante que encenava a Via Crucis.

Sabendo que na década de 80, os jovens da paróquia encenavam a Paixão de Jesus ao lado da Igreja Matriz, movimentando a comunidade local. Mas infelizmente não teve durabilidade, e acabou ficando apenas na lembrança.

Sem interrupção das reuniões com os jovens líderes que decidiram revitalizar esta peça teatral, a juventude determinada em retomar as atividades cênicas tanto na igreja quanto em nosso município, com grandes pretensões futuras, para revitalizar por vez e buscar este objetivo, resolveu aglutinar os artistas locais, e agregar todos os seguimentos artísticos possíveis, independentes de sua religião ou classe social pertencente. Sendo apresentado pela primeira vez em 28 de março de 1999 (Domingo de Ramos)uma semana antes da Semana Santa, e ficando assim permanente no calendário dos festejos do município de Lauro de Freitas.

Com uma maior ambição no intuito de profissionalizar o evento, foi criada a Sociedade Cultural Távola, entidade jurídica responsável pela organização da “Paixão de Cristo”, que após o seu 5º ano se consagrou como o maior espetáculo de teatro ao ar livre da Bahia, com um mega estrutura, arquibancadas para 3 mil pessoas, iluminação cênica e sonorização de última geração e a participação de mais de 600 pessoas no elenco.

O espetáculo cresceu principalmente após o empenho da comunidade e com a sensibilidade do Poder Público, que fomentou com o crescente apoio que a produção necessitava a cada ano. E atualmente é um evento prestigiado pelo público e pela imprensa baiana que sem sombra de dúvidas vem concretizando o sonho de centenas de pessoas que se orgulham em participar deste espetáculo.

Grandes nomes do teatro baiano já participou e participa da Paixão de Cristo em Lauro de Freitas sob a direção de Duzinho Nery: Fernando Neves, Nelito Reis, Rada Resedá, Marcelo Benigno, Antonio Soares, Léo Santis, Pisit Mota e o ator global Fabrício Boliveira (que participou do Sitio do Pica Pua Amarelo, da novela Sinha Moça, A Favorita que participou em 2003 e 2004 interpretando João Batista e Fariseu. Construindo assim um belíssimo espetáculo a céu aberto sempre apresentado uma semana que antecede a Semana Santa, sempre de quinta a domingo a partir das 19 horas.

Via Sacra de Itinga

A Via Sacra de Itinga, realizada por grupos e jovens artistas do bairro e adjacências, sob a orientação da Pastoral da Juventude da Igreja Nossa Senhora Aparecida e Santa Catarina de Sena, já faz parte do calendário oficial de eventos de Lauro de Freitas, uma vez que em 2008 apresentou a sua 12ª apresentação: Paixão de Cristo de Itinga. Esse é um evento que reúne cerca de 400 pessoas direto e indiretamente e atrai público, no período pascoal, de todos os lugares do município e cidades circunvizinhas à Praça Largo do Caranguejo. Esse projeto social, já formou e continua formando jovens em diversas áreas: dança, música e teatro, essa, destacamos o Tonny Ferreira (Ator - Licenciado, Diretor - Bacharelado e pós graduando em Teatro, pela UFBA - Universidade Federal da Bahia, o qual assumiu, por diversos anos a direção de teatro desse evento. Geralmente, a mídia televisiva, como Rede Bahia, TVE dentre outras, fazem flash ao vivo do evento mais esperado no ano.

Natal de Vilas

Evento que ocorre desde 23 se Dezembro de 2006 no último final de semana antes do dia 24 de dezembro que visa comemorar o nascimento de Jesus. Uma belíssima encenação que envolve as artes teatrais, música (coral infantil e adulto), dança e cenografia. Este evento é promovido pela IBVA (Igreja Batista de Vilas do Atlântico) e é aberto ao grande público.







Janeiro
Dia 5 ao 7: Terno de Reis;
Dia 6 ao 15: Festa de Santo Amaro de Ipitanga;

Fevereiro
Data móvel: Lavagem de Vilas;
Dia 2: Festa de Iemanjá em Buraquinho;
Dia 28: Combate no Rio Joanes / Massacre dos Negros Males;

Março
Data móvel: Festa de São Francisco de Assis na praia de Buraquinho;

Abril
Data móvel: Semana Santa, Procissão do Domingo de Ramos, Procissão do Senhor Morto na Sexta-Feira Santa, Queima de Judas, Sábado de Aleluia, encenação da Paixão de Cristo no Centro e em Itinga, Domingo de Páscoa com a Festa Tradicional de Portão, com o Baba do Baleia x Bola Furada, com a feijoada da Maria e Queima do Juda;

Maio
Data móvel: Lavagem de Portão, que dura três dias;

Junho
Dia 1 ao 29: Festejos Juninos de Santo Antônio, São Pedro e São João;

Julho
Dia 31: Emancipação política e aniversário do município;

Agosto
Dia 15 ao 22: Semana do Folclore;

Novembro
Data móvel: Lavagem do Largo do Caranguejo em Itinga;
Dia 5 ao 12: Semana da Cultura;

Dezembro
Dia 20: Natal de Vilas;
Dia 28: Lavagem do Pé de Oiti;
Dia 31: Reveillon nas Praias.

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade