quinta-feira, 9 de junho de 2011

Trabalhadores em educação aprovam fim do movimento paredista

Os trabalhadores em educação na manhã de ontem, 07, reunidos em assembleia, na Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia, resolveram pôr fim ao movimento paredista.

A decisão pelo fim do estado de greve e do movimento paredista aconteceu após o governo municipal aceitar a proposta de reajuste salarial de 13%, para todos os níves, propondo um escalonamento. Assim, 10,353% serão aplicados agora nos vencimentos dos profissionais do magistério, retroativo a 1.º de abril. 2,4% serão aplicados no mês de setembro. No entanto, 0,9% dos 2,4% só se confirmará para o mês de setembro se a estimativa do Fundeb se confirmar em 52 milhões ou se sua queda não for inferior a 50 milhões. Do contrário, o 0,9% será rediscutido em mesa de negociação proporcional à queda do Fundo. Na última assembléia a categoria aceitou a proposta escalonada.

Avaliação do movimento - A categoria durante toda manhã fez avaliação do movimento, refletiu sobre a luta da classe trabalhadora durante a greve e propôs novas estratégias para as próximas lutas. A Diretoria Excutiva da Asprolf e o Comando de Greve parabenizaram a postura corajosa, digna e reta dos trabalhadores em educação na defesa e coerência do movimento. Além disso, os agradecimentos foram estendidos aos pais, alunos e toda sociedade laurofreitense pelo apoio ao movimento na luta pela qualidade da educação.

Ficou decidido também que haverá nova assembleia para discutir calendário de reposição das aulas, que será comunicada a data em breve.

Fonte: Blog da ASPROLF

0 comentários:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Publicidade